Conselho Federal de Biomedicina poderá acolher pedido de Podólogos

CRBM de todas as regiões poderão registrar técnicos e graduados em podologia, os podólogos estão lutando para regulamentar a profissão.

Está circulando em várias mídias que o Conselho Federal de Biomedicina (CFBM) aceitou acolher os profissionais de podologia (técnicos, tecnólogos e graduados) em seus conselhos regionais (CRBM). A decisão(ainda não confirmada pelo Conselho) teria sido tomada após inúmeras reuniões, entre representantes do CFBM e de associações de podologia.

O objetivo desta ação seria destravar o Projeto de Lei (PL), 6.042/2005, de autoria do deputado José Mentor (PT-SP), que visa regulamentar a podologia no Brasil. Desde 2005, os podólogos lutam para regulamentar a profissão. Atualmente a proposta tramita no Senado Federal como Projeto de Lei da Câmara (PLC) 151/2015, onde aguarda inclusão na pauta do Plenário.

“A criação de um Conselho de Classe era uma exigência para a aprovação do PL, porém a criação de conselhos profissionais é uma atribuição do Governo Federal, segundo a Constituição Brasileira, portanto nós não poderíamos criar um conselho próprio, daí a importância de encontrarmos um Conselho de abrigasse a podologia”, explica Armando Bega, vice-presidente da Associação Iberoamericana de Podologia (AIP).

Bega foi um dos primeiros a dar a notícia, em seu Facebook, inúmeros podólogos se manifestaram agradecendo ao CFBM pela iniciativa de ajudar a podologia a ser uma profissão devidamente regulamentada.

Se esse acordo entre o Conselho e profissionais da podologia for realizado, os podólogos passarão a responder ao Conselho Federal de Biomedicina, que irá fiscalizar as atividades desses profissionais e protegê-los de possíveis perseguições de outras classes, bem como ajudá-los em questões relacionadas a ANVISA, enquanto a profissão não for regulamentada. Esse é um grande passo para a podologia que será devidamente reconhecida no mercado de trabalho e também perante a sociedade.

O mesmo ocorreu com as Esteticistas em 2011, quando o CFBM incorporou a categoria em seu quadro de associados. E desde então elas têm respaldo jurídico de Conselho Profissional de Classe o que é uma garantia contra abusos de outras profissões que tentam tornar os procedimentos estéticos como privativos para si. Assim sendo, a Estética passa a ter um conselho para lutar por seus direitos.

Pós Biomedicina Estética
Assessoria de Imprensa | Blog Biomedicina Estética

Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a biomedicina estética é legítima, um direito do biomédico, do biomédico esteta, do graduando em biomedicina e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.


2 Comments

  1. Jacqueline de Brito
    • Assessoria de Imprensa | Blog Biomedicina Estética